segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Necessário.

Eu só queria que nossos olhos nunca tivessem se cruzado, que nossas mãos nunca tivessem se entrelaçado, que nossas bocas nunca tivessem se tocado ... Eu só queria nunca ter me apaixonado. Queria ainda, poder ir embora, sem olhar pra trás, ir toda, inteira, pra sempre!


Coragem, às vezes, é desapego.


T. Ventura

Um comentário:

  1. Lindo, Thata. O ruim é que apagar nem sempre é tão fácil, não é?!

    ResponderExcluir